Análise de mercado: O que é e qual a importância?

Análise de mercado

Toda ação gera uma reação. Essa famosa frase de Isaac Newton foi criada para explicar uma de suas leis na física, mas se tornou popularmente conhecida para dizer que decisões (ações) possuem consequências. Dá um certo medo em pensar que uma decisão tomada pode trazer efeitos extremamente positivos ou negativos, ainda mais se tratando da sua empresa, do seu sonho.

Todavia, esse receio pode ser reduzido quando se tem informações de qualidade, que oferecem uma visão concreta do mercado. Dessa forma a tomada de decisão se torna mais simples, pois o risco de uma repercussão negativa diminui. 

Para que isso ocorra, é necessário fazer uma análise de mercado. Assim, você entenderá melhor sobre a sua empresa e o que está a sua volta.

Os tipos de análise de mercado:

Existem dois tipos de análise de mercado que se complementam: a análise de gabinete e a pesquisa de mercado. Sendo que cada uma possui as suas características específicas.

Pesquisa de Mercado:

A pesquisa mercadológica é uma importante ferramenta do marketing, pois nela o contato com o cliente é mais direto. Para isso, se define um objetivo de pesquisa e é montado um roteiro, ou formulário, que é aplicado no público-alvo.

Esse tipo de pesquisa auxilia a empresa a conhecer melhor os desejos e necessidades de seus clientes, sendo muito útil antes de um lançamento de produto. 

 

Análise de Gabinete:

Ao contrário da pesquisa de mercado, durante a análise de gabinete não há um contato direto com o cliente para a coleta de informações. Nela os dados são coletados de uma forma interna, utilizando jornais, pesquisas estatísticas, redes sociais e mídias em geral.

A análise de gabinete oferece uma percepção do ponto de vista do cliente sobre os concorrentes e o mercado. No entanto, para empresas complexas é recomendado cruzá-la com a pesquisa de mercado, pois ela sozinha não oferece dados específicos relacionados à competitividade, curva de valor, posicionamento, etc.

 

Como fazer uma análise de mercado?

 

No geral, para que uma análise de mercado seja bem-sucedida os fatores principais que influenciam o negócio devem ser avaliados de forma integrada. Dessa forma, oferecendo uma visão ampla do mercado e permitindo que decisões mais assertivas sejam tomadas.

Para isso existem algumas etapas que devem ser seguidas:

 

Criação do Briefing

No geral, briefing é um documento onde as informações mais relevantes para o desenvolvimento da análise de mercado são descritas. Ele é o guia para o projeto, contendo as informações da empresa (histórico, mvv, etc.) e os objetivos da análise.

O briefing permite que as dores do empresário, seus objetivos e metas sejam traçados de forma clara. Assim, facilitando a definição de estratégias condizentes.

 

Análise dos consumidores

O mercado consumidor deve ser sempre o foco. Logo, a sua análise é indispensável, pois é ela que mostrará as necessidades e dores dos clientes.

 

Análise SWOT

Philip Kotler, o “pai do marketing”, define a análise SWOT como “a avaliação global das forças, fraquezas, oportunidades e ameaças”. Sendo uma das ferramentas mais conhecidas do marketing, ela é fácil de entender e implementar, além de poder ser utilizada para qualquer tipo de empresa.

Com o propósito de auxiliar na definição de estratégias mais efetivas, a análise SWOT consiste no estudo do ambiente em que a empresa está inserida. Esse ambiente é dividido em externo e interno, sendo o interno os fatores controláveis, ou seja, os pontos fortes e fracos da empresa. Já o estudo do ambiente externo nos permite maior conhecimento sobre o que a empresa não consegue controlar, dessa forma facilitando a identificação e preparação para possíveis oportunidades e ameaças.

 

Análise dos concorrentes

No mundo empresarial, devemos sempre saber quem são os concorrentes e suas estratégias. Para o marketing, essa análise permite a identificação dos diferenciais da empresa, para que assim seja feita a promoção correta deles.

 

Ferramentas para ajudar

 

Para que a análise de mercado seja confiável, algumas ferramentas são usadas, como por exemplo:

 

Curva de valor:

A curva de valor é um gráfico para a análise comparativa dos valores de um negócio e auxilia a empresa a alcançar mercados mais promissores.

 

5 Forças de Porter:

Essa ferramenta auxilia na análise ambiental. No entanto, diferente da análise SWOT, essa metodologia tem como intuito avaliar e analisar apenas o ambiente externo no qual a empresa está inserida. 

Nela são detalhados 5 fatores para que seja possível entender como eles impactam a empresa. Essas forças são: Ameaça de produtos substitutos, ameaça de novos entrantes, poder de barganha dos clientes, poder de barganha dos fornecedores e rivalidade entre os concorrentes.

 

Por fim, fica claro que a análise de mercado oferece uma visão bem ampla sobre a realidade da empresa. Por isso, um bom gestor entende a sua necessidade para garantir mais segurança e precisão nos caminhos que ele tomará.

 

Quer entender mais sobre? Baixe nosso ebook: Guia Prático Para Análise de Mercado totalmente gratuito. 

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Rolar para cima
× Fale Com Um Especialista